loading...

Tradescantia spathacea - O Abacaxi roxo




A Tradescantia spathacea é uma bela espécie herbácea pertencente a família botânica Commelinaceae, originária da América Central, Guatemala, México, Belize e América do Norte. Conhecida popularmente no Brasil como Abacaxi roxo, se adaptou bem ao nosso clima tropical e conquistou os jardinistas pela beleza de sua folhagem perene e colorida. Ela forma densas e simétricas rosetas, com folhas côncavas, eretas e lanceoladas.
Na variedade 'Concolor' suas folhas são totalmente verdes, mas tipicamente suas folhas apresentam lado superior na coloração verde oliva e a inferior violácea. A variedade 'vittata' se diferencia pela folhas variegadas com listras amarelas e vermelhas.
Com o desenvolvimento da planta as folhas mais inferiores vão caindo, o caule curto é revelado, mas dificilmente a planta cresce além de um metro de altura. A planta fica ainda mais ornamental durante a Primavera e Verão, época de seu florescimento, onde despontam inflorescências em rácemos, nas axilas foliares.
As inflorescências da Tradescantia spathacea são formadas por pares de brácteas, onde seu formato lembram um pequeno barco ou canoa, e pequenas flores brancas, trímeras e efêmeras, sem efeito ornamental. O fruto formado pelo Abacaxi roxo é do tipo cápsula.
Pelos atributos e qualidades de sua bela folhagem, assim como pelo efeito geométrico das rosetas e sua textura peculiar, o Abacaxi roxo é muito utilizado nos jardins brasileiros como forração, em maciços ou bordaduras, já que o colorido atrativo de sua folhagem é capaz de criar belos efeitos ornamentais no jardim.
Esta bela espécie prefere ambientes de sol pleno ou meia sombra quando cultivada no jardim e nos ambientes internos a planta se adapta bem a luz difusa, desde que seja bem arejado. É mais cultivada em jardineiras e floreiras, do que propriamente em vasos.
Mesmo preferindo solos férteis e ricos em matéria orgânica, o Abacaxi roxo é capaz de se adaptar bem a solos pobres ou rochosos, sendo muito utilizado para compor jardins rochosos, onde consegue se desenvolver bem por entre as fendas. O solo deve ser bem drenável e as regas devem ser constantes principalmente nos primeiros meses após seu plantio e mais esparsas conforme a planta for se desenvolvendo, fase em que a planta é capaz até de tolerar curtos períodos de estiagem.
Para que a planta renove seu vigor e beleza da folhagem, o ideal é que se faça uma poda drástica pelo menos uma vez ao ano.
Se receber uma boa cobertura, ele é capaz de resistir ao frio intenso e até mesmo geadas. Multiplica-se por sementes, divisão das touceiras ou estaquia dos ramos.




Nome Científico: Tradescantia spathacea
Sinonímia: Rhoeo discolor, Rhoeo spathacea, Tradescantia discolor, Tradescantia bicolor, Ephemerum bicolor, Ephemerum discolor, Tradescantia versicolor
Nomes Populares: Abacaxi-roxo, Moisés-no-berço, Espada-de-iansã
Família: Commelinaceae
Ciclo de Vida: Perene
Origem: América Central, América do Norte, Belize, Guatemala, México
Clima: Subtropical, Tropical
Altura: 0.3 a 0.4 metros, 0.4 a 0.6 metros
Floração: Primavera, Verão
Solo: Se adapta até a solos empobrecidos
Luminosidade: Sol pleno, Meia Sombra e Luz Difusa
Regas: Regulares
Podas: Anual
Multiplicação: Sementes, estaquia ou divisão touceiras
Curiosidades: É comum ser utilizada em jardins rochosos, crescendo por entre fendas




Circulo do Verde

Conheça melhor o autor deste blog seguindo o perfil Circulo do Verde nas redes sociais.