loading...

Stifftia - Alegres Pompons nos Jardins





A Stifftia é ideal para quem busca atrair beija flor e borboletas ao jardim. As estíftias apresentam grandes e coloridas inflorescências compostas por 30 ou 40 pequenas flores, formando curiosos pompons. Esta curiosa espécie arbustiva apresenta duas cores, a Estíftia Laranja (Stifftia chrysantha) e a Estíftia Vermelha (Stifftia grazielae).
A cor laranja chega até 5 mts. de altura, com troncos múltiplos, copa mais frondosa e com inflorescências de até 10cm de diâmetro, já a Estíftia vermelha são menores, cerca de 7cm de diâmetro e tronco com crescimento mais verticalizado, entre 5 e 7 mts. de altura.





Muito apreciada para compor arranjos florais, as inflorescências da Estíftia surgem na planta como se fossem um pequeno buquezinho de flores, para só então depois ser cercado pela penugem que formará seu delicado pompom. Na planta as inflorescências duram bem pouco tempo e, conforme envelhecem, adquirem coloração esmaecida e aspecto mais solto, quase que um "despenteado".
Pela extração constante do homem em seu habitat natural, a Mata Atlântica, as Estíftias já aparecem na lista de plantas nativas do Brasil ameaçadas de extinção.
No jardim as Estíftias podem ser cultivadas tanto isoladas como em grupos ou ainda formando cercas vivas. A floração ocorre durante a Primavera com mais intensidade.





Com as flores da Stifftia grazielae ocorre um efeito muito gracioso, ela surge amarela e só depois começam a surgir os fios vermelhos, então é possível encontrar numa mesma planta variações de cores diferentes (amarelas e vermelhas), conforme o tempo de maturação da flor, o que dá um belo visual ao jardim.





A Stifftia se desenvolve melhor em solos férteis e ricos em matéria orgânica, em ambientes de meia sombra ou sol pleno. Em locais sombreados podem aparecer cochonilhas, pulgão e fungo fumagina. Não suporta geadas e sua multiplicação ocorre por meio de sementes ou estaquia. Adubações periódicas com NPK 10-10-10 estimulam o crescimento da planta.




Curiosidade: A designação científica Stifftia é uma homenagem a Andreas von Joseph Freiherr Stiff, médico dos imperadores da Áustria no século 19, Chrysantha é a junção de duas palavras gregas: chrysos, que significa "ouro", e anthos, que é "flor". Já Grazielae é uma homenagem à sul-matogrossense Graziela Maciel Barroso (1912-2003), que trabalhou muitos anos no Jardim Botânico do Rio de Janeiro e é considerada um dos maiores nomes da botânica em nosso País.




Ficou conhecida pelos nomes populares de Jamboleiro do mato, Rabo de cotia, Esponjeira, Diadema vermelha, Diadema amarela, Estíftia amarela e Estíftia vermelha.

Circulo do Verde

Conheça melhor o autor deste blog seguindo o perfil Circulo do Verde nas redes sociais.